A carregar...
 

Patrimonio Cultural

Patrimonio Cultural

A diversidade cultural no Concelho de Odemira espelha toda a vivência passada e presente do seu povo.

 

Farol do Cabo Sardão (São Teotónio)


Junto à aldeia de Cavaleiro, em plena paisagem protegida este farol foi pensado em 1883, e a sua construção e entrada em funcionamento datam de Abril de 1915. É impossível não ficar impávido perante as imponentes escarpas cavadas a pique em direcção a um mar possante e ao mesmo tempo sereno, ou confrontado com um horizonte de planícies infindáveis, cobertas por uma vegetação rasteira e verdejante.

 

- Forte de São Clemente (Vila Nova de Milfontes)


Foi construído em finais do século XVI e, do seu pedestal rochoso, o Forte de Vila Nova de Milfontes pode-se avistar por quase toda a Vila. Em 1638, o forte foi devastado por um grupo de argelinos que acostaram na barra. Tinha originalmente uma planta poligonal, rematado por canhoneiras e dois baluartes triangulares.
Este forte só conheceu melhores dias no reinado de D. João IV, que o tornou capaz de se defender militarmente. Exemplo de arquitectura militar maneirista, foi posteriormente adaptado a residência, tendo ganho um ambiente romântico pela construção de um torreão medieval com ameias e pelo revestimento de hera das fachadas.
Agora, no século XX, o seu passado de destruições foi ultrapassado e o fosso encheu-se de flores, as heras tomaram conta das muralhas e o interior é tratado como se fosse um paço senhorial. (Imóvel de Interesse Público).

 

- Fragmentos de Muralhas do Antigo Castelo de Odemira


Tomado aos mouros na reconquista, foi reconstruído em 1265 e reedificado em 1319 a mando de D. Dinis, com construção de uma nova cerca. Os restos de muralha estão articulados com alguns edifícios urbanos e uma parte dela, na zona mais elevada da vila (o cerro do Peguinho), serve de suporte a uma ampla área ajardinada e de estructura a algumas construções urbanas, como a base da torre sineira do edifício da Câmara. (Imóvel de Interesse Público).

 

Igreja Paroquial de Santa Maria


Pertencia ao antigo convento franciscano, quando foi edificada, no século XVI, sendo adaptada a Igreja paroquial depois de 1835. É um exemplo de arquitectura maneirista, mas com o despojamento característico das igrejas franciscanas.

 

- Igreja de S. Salvador (Igreja Matriz)


A mais antiga igreja de Odemira, de arquitectura religiosa Maneirista e Barroca, foi remodelada pela paróquia no séc. XX. Pode ser visitada às segundas, quartas, quintas e sextas das 18:30 às 19:00; às terças e sábados das 10:00 às 10:30; e aos domingos das 12:00 às 12:30.

 

- Ponte D. Maria (Santa Clara-a-Velha)


Perto da Pousada e da Barragem de Santa Clara, esta ponte sobre o rio Mira, do século XVIII, encontra-se presentemente em vias de classificação e, apesar de arruinada, mantém as suas características arquitectónicas e construtivas.

 

- Necrópole do Pardieiro


Situada entre Corte Malhão e São Martinho das Amoreiras, é uma sepultura funerária da idade do Ferro, onde foram encontradas duas lápides com escrita epigrafada do Sudoeste.

 

- Moinho de Vento de Santa Maria


Foi construído em 1874, situando-se no Cerro dos Moinhos Juntos. Actualmente um moleiro faz a moagem dos cereais de forma tradicional, estando aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 17:00.

 

 

Descubra mais em www.cm-odemira.pt.

 

 


 

Reveillon 2017

REVEILLON 2017 | WILD SW

Passe o Ano rodeado de Índios e Cowboys!

desde
€ 80,00
Saiba mais

Dezembro no Zmar

Feriados de Dezembro Descubra o Alentejo no mês do Natal

desde
€ 50,00
Saiba mais

Turismo do Alentejo

Turismo do Alentejo

Turismo do Alentejo - 2010

Prémio Inovação

Testemunhos

«Superou as nossas expectativas e sobretudo as dos nossos filhos!»

Outubro 2014

Kidz

Casa Kidz com Eco Workshops & Ateliers, Parque de Diversões e Quinta Pedagógica!

Eventos

Desafie a sua Empresa para um Encontro Sustentável!

Filme Zmar

Este lugar é único... Veja aqui o Video Promocional do Zmar!

Atreva-se a Viver Experiências Infinitas!